A celebração da Semana Santa em nossa Paróquia Sagrado Coração de Jesus, certamente como em todas as demais paróquias, foi vivenciada com muita fé, amor e devoção por todos os paroquianos. E, como parte desse povo e membros da paróquia, pudemos participar desses momentos, intensificando nossa fé e nossa experiência carismática.

Quero destacar aqui, a iniciativa do dia 27 de março – terça-feira da Semana Santa, quando recebemos em nossa casa, a imagem do Senhor Bom Jesus dos Passos, “uma devoção especial na Igreja Católica que faz memória ao trajeto percorrido por Jesus Cristo, o sofredor, desde sua condenação até o seu sepultamento, após ter sido crucificado no Calvário. A história desta devoção remonta à Idade Média e tenta reproduzir espiritualmente este caminho nas procissões e ciclos de meditação. No século XVI se fixaram 14 momentos principais deste trajeto, que são hoje chamados de estações ou passos da Paixão de Cristo ao longo da Via Sacra”.

A imagem permaneceu em nossa casa até a noite de quarta feira, quando às 18 horas, reuniu-se aqui diante da imagem, diversos membros do Grupo Paroquial do Terço dos Homens para esta bonita homenagem e devoção a Nossa Senhora, que na sua dor, acompanha esses passos de seu Filho rumo à cruz.

“A origem do Terço dos Homens a nível mundial é desconhecida. No exterior, “há notícias de tais grupos ao menos desde 1912”. No Brasil, o Terço dos Homens foi fundado pelo Frei Peregrino, no dia 8 de Setembro de 1936, no povoado Vila da Providência, hoje cidade de Itabi, Sergipe. No Movimento de Schoenstatt, o Terço dos Homens começou a partir da iniciativa de um pequeno grupo de homens, que rezavam o terço na rua, enquanto suas esposas participavam das reuniões. Pouco tempo depois, sob a orientação do Padre Américo Vasconcelos, salesiano, e pelo zelo de Oneida Araújo da Silva, surgiu em 5 de março de 1997, o primeiro grupo do Terço dos Homens a nível paroquial, na capela de Nossa Senhora do Livramento, hoje transformada em Santuário Paroquial, em Jaboatão dos Guararapes (PE). Algum tempo depois, o Padre José Pontes conheceu o grupo de homens rezava o terço, achou a iniciativa interessante e começou a experiência no Santuário da Nova Evangelização, em Olinda. Assim foi o Terço dos Homens teve a sua grande valorização, integrando-se na fecundidade do Santuário e na força do Movimento da Mãe Rainha, foi crescendo e se propagando. Por todo mundo, um número cada vez maior de comunidades tem incorporado o Terço dos Homens em suas atividades pastorais. Além disso, aumenta cada vez mais o número de homens que tomam a decisão de se reunir para rezar o Terço, uma vez por semana, às vezes até mesmo diariamente, em família ou ainda sozinhos.”
Após a oração do Terço, rezada pelo grupo de homens e por nós irmãs, o sacerdote Pe. Bruno, MSC toda a equipe litúrgica, saiu em procissão com a imagem rumo à comunidade religiosa das Filhas de São José, onde se encontra a imagem de Nossa Senhora das Dores com as mulheres que, também lá rezam o terço, se dará a cerimônia do Encontro de Jesus e sua Mãe Maria. De lá, toda a comunidade paroquial seguiu para a Igreja onde foi rezado o Ofício das Trevas.

“O ofício das Trevas é a recitação do Ofício de Leituras, um conjunto de leituras, lamentações, salmos e preces penitenciais, onde o templo fica às escuras, iluminado apenas por velas que se apagam aos poucos durante a cerimônia. É um convite a reviver a Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor representando sentimento de luto e a escuridão à qual ficou sujeita a Terra diante da Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. É um forte momento de oração e reflexão que resgata o costume católico nos mosteiros da Igreja Medieval, lembrando que ‘o mundo se encheu de trevas, quando o verdadeiro Sol, Jesus Cristo morreu’”.

Ir. Maria Neves de Sousa

insr-semana santa-rio-marco (1) insr-semana santa-rio-marco (2) insr-semana santa-rio-marco (3)

Compartilhe:

Paróquia Santo Antônio em Festa

abril 23rd, 2018 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Nós Irmãs Filhas do Divino Zelo há vinte e cinco anos assumimos a missão de cuidar da Messe do Senhor no sertão Baiano, atuando diretamente na missão evangelizadora da Paróquia Santo Antônio de Pádua juntamente com nossos Co-irmãos, os Padres Rogacionistas.
No dia 04 de Março de 2018,o bispo Diocesano José Roberto Carvalho, às 17h, deu posse ao nosso Co-irmão, Padre Célio da Silva, como administrador Paroquial, e aos Padres Vicente Lunetta e Nilson Rocha, como Vigários Paroquiais na Igreja matriz de Maetinga. Um grande numero de fieis da cidade e zona rural estiveram presentes.
Organizamos esta solene Celebração com dedicação desejando que a missão continue produzindo bons frutos para o Reino de Deus e para nossos Institutos.

Ir. Edna Maria Alves

cplk-festa paroquia sto antonio-maetinga-marco (1) cplk-festa paroquia sto antonio-maetinga-marco (2) cplk-festa paroquia sto antonio-maetinga-marco (3)

 

Compartilhe:

Assembleia Paroquial

abril 23rd, 2018 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

No dia 18 de março, a Paróquia Santo Antônio de Pádua, em Maetinga, realizou com a colaboração das Irmãs a Assembleia Paroquial no espaço da Obra Social Padre Ladislau Klener. Foram momentos celebrativos, onde pontuamos nossa Espiritualidade e reflexão sobre o ano nacional do laicato com o tema: “Vós Sois o Sal da Terra e a Luz do mundo”.
Após o momento de espiritualidade, cada Comunidade presente apresentou de forma criativa sua história e sua caminhada pastoral.
Participaram deste evento os animadores das Comunidades Rurais, Coordenadores das Pastorais e Movimentos, os Padres e as Irmãs. Agradecemos ao Senhor pelos bons operários(as) que, na gratuidade, oferecem seus dons a serviço da missão na Igreja.

Ir. Edna Maria Alves

cplk-assembleia paroquial-maetinga-marco

 

Compartilhe:

Ano do Laicato

abril 23rd, 2018 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

No dia 24 de março de 2018, das 07:00 às 12:00, realizou-se, na casa de curso Nossa Senhora das Graças, o encontro do SAV (Serviço de Animação Vocacional) a nível de Forania.

O tema do encontro foi o do Ano do Laicato, “Jovens Cristãos leigos e leigas sujeito na Igreja em saída a serviço do reino”, e o lema: “sal da terra e luz do mundo.” (Mt 5,13-14). O primeiro momento foi dedicado à oração da manhã. Em seguida, houve a palestra conduzida pelo Dawilson. Logo após a palestra, o Padre Maurício, da Comunidade de Chalé, conduziu um momento de reflexão sobre “vocação e missão”.
O encontro terminou com a Celebração Eucarística, presidida pelo Padre Antônio Maurílio de Freitas, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Amparo de Chalé.

Ir. Cleusa Maria dos Santos

cnsf-ano do laicato-lajinha-marco

Compartilhe:

“Os consagrados e as consagradas são chamados a serem sinal concreto e profético desta proximidade de Deus, desta partilha com a condição de fragilidade, de pecado e de feridas do homem do nosso tempo.”  Papa Francisco.

Nos dias 10 e 11 de março, aconteceu no Centro de Espiritualidade Maria Mãe da Vida, em Campo Grande/RJ, o Juninter, cujo tema foi “Cultura Vocacional e Projeto de Vida”, assessorado pela Irmã Liliane Nascimento – insc.
O encontro contou com a participação de 30 pessoas. Foi um encontro bem provocativo que nos levou a pensar sobre a coragem de nossos fundadores que, quando movidos pelo Espírito, não tiveram medo de sujar as mãos com a vida cotidiana, com os problemas das pessoas, percorrendo com coragem as periferias geográficas e existenciais. Possamos nós também, por meio de uma Cultura Vocacional e um Projeto de Vida claro e coeso, seguir o exemplo deles.
Foram dias de trocas de experiência e convivência, o que nos possibilitou um revigoramento para darmos continuidade à nossa missão de Consagradas e Consagrados.
Que o Senhor da messe continue nos abençoando e conceda-nos a graça da perseverança em nossa vocação, para que a exemplo de Maria possamos realizar tudo o que Ele planejou para cada um (a).

Ir. M. Arcilene Rosa da Silva

cmnm-juninter-rio-marco (1) cmnm-juninter-rio-marco (2) cmnm-juninter-rio-marco (3)

Compartilhe:

No dia 29 de março, Quinta-Feira Santa, os professores do Colégio Virgem de Urkupiña estiveram em nossa casa fazendo retiro, partilha e confraternização. Foi um dia de convivência alegre com dinâmicas e aprofundamentos.

À noite, realizamos a Celebração do Lava-Pés com um representante de cada pastoral formando o grupo dos 12 apóstolos. Eles receberam uma faixa que continha o nome de cada apóstolo. Pe. Pedro havia encomendado 700 pãezinhos que foram distribuídos ao povo.

Após a Celebração, a adoração do Santíssimo foi iniciada com rodízio dos grupos e movimentos da Igreja Virgem de Urkupiña. A Ir. M. Iracema Rodrigues e o grupo Semilha é que haviam feito a ornamentação para a exposição de Jesus Sacramentado.

Na Sexta-Feira Santa, dia 30 de março, tivemos a celebração, a adoração da cruz e o peregrinar do povo pelas ruas dos principais bairros, realizando a Via Sacra encenada pelos catequistas. No final, houve a encenação da crucifixão, reflexão e muita piedade neste mistério de fé.

No Sábado Santo, véspera da Ressurreição, nossa Igreja foi a anfitriã por receber as demais capelas da Paróquia para a Solene Vigília Pascal. Cada representante recebeu do Pároco, o Círio Pascal. A bênção do fogo foi na quadra da praça cercada pelos fieis. Os sacerdotes Ibarth e Pedro abençoaram a água para ser levada por todo o povo.

Estes dias de Celebração do Tríduo Pascal foram de intensa espiritualidade e fé para a nossa comunidade. Esperamos que os momentos vivenciados tragam para a vida de cada uma de nós e de cada fiel a esperança em dias melhores e a coragem para continuar sua busca no cotidiano da vida.

Ir. M. Cloreci Espíndola da Silva

bolivia-triduo pascal-marco (1) bolivia-triduo pascal-marco (2) bolivia-triduo pascal-marco (3) bolivia-triduo pascal-marco (4)

Compartilhe:

Dia de Passeio

abril 23rd, 2018 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

No dia 11 de março, tivemos um passeio especial com os grupos de Pastorais da Capilla de Urkupiña em Cuevas.

bolivia-passeio-marco (1) bolivia-passeio-marco (2)

 

Compartilhe:

POSTULINTER

abril 23rd, 2018 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

“Indo e vindo, trevas e luz. Tudo é graça, Deus nos Conduz”

Nos dias 24 e 25 de fevereiro de 2018, às vésperas da entrada no Postulantado, nós, Alexandra e Gabrielly, participamos do primeiro encontro do Postulinter, realizado na Casa de Retiro Santa Juliana, das Irmãs Servas de Maria do Brasil, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro – RJ.
O tema trabalhado (“Autoconhecimento: luzes e sombras”) foi desenvolvido pela assessora Ir. Silvânia, SST (Santíssima Trindade). Podemos destacar esse primeiro encontro como carismático e acolhedor, pois tivemos a oportunidade de conhecer novas pessoas e partilhar nossas experiências a partir do que foi trabalhado.
Neste Postulinter tivemos a graça de contar com a presença de oito congregações, sendo duas masculinas e seis femininas, são elas: Sociedade das Divinas Vocações – Vocacionistas, Servas de Maria do Brasil, Cônegos Regulares Lateranensses, Santos Anjos, Franciscanas do Sagrado Coração de Jesus, Filhas de Maria Imaculada, Filhas do Divino Zelo e Mínimas da Paixão de Jesus.
Entretanto, não podemos deixar de destacar a presença da querida Monja Beneditina, Irmã Mectildes que enriqueceu nosso encontro com sua sabedoria e alegria contagiante.
Por fim, nosso louvor a Deus por esse final de semana abençoado e rico em conhecimento. E nossa prece pelo próximo encontro, para que o Senhor da Messe nos conceda as bênçãos necessárias, para que, seja tão produtivo quanto o primeiro.

Postulante Gabrielly Pires

ansa-postulinter-valenca-marco

Compartilhe:

Postulantado 2018

abril 23rd, 2018 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

“Eis que venho fazer, com prazer, a Vossa vontade, Senhor!” (Sl 39)

Foi com o coração repleto de alegria que participamos da Celebração Eucarística, presidida pelo Dom Elias Manning, e concelebrada pelo Pe. Luiz Fraga, na capela do Artesanato Nossa Senhora Aparecida, Valença – RJ, no dia 19 de março de 2018, às 9h, para pedir a bênção de Deus, a intercessão de São José e de Santo Aníbal Maria, para a nova etapa de formação, o Postulantado.

Estavam presentes um grupo de alunos e professores da nossa Escola, as Irmãs Nair e Stela do Rio de Janeiro – RJ, Irmãs Albertina, Glória Batista e Angélica de Valença – RJ, Irmã Cleuza e as Aspirantes Juliana Figueiredo e Daniela Lourenço de Lajinha – MG, e nossa querida Madre Provincial, Maria Marques, além das Irmãs da comunidade e membros da UOV (União de Oração pelas Vocações).

Após a comunhão, fomos recebidas oficialmente no postulantado, na Província Nossa Senhora do Rogate. Durante um ritual simples, Madre Maria Marques fez a entrega do distintivo do Rogate, que vamos levar sempre conosco, não só no peito, mas, sobretudo em nosso coração.

Terminada a Missa, nos confraternizamos com um almoço preparado com todo carinho pela nossa comunidade. Neste momento, fomos presenteadas com um bolo e parabenizadas pelas comunidades presentes, que manifestaram a ternura de Deus e o carinho com o qual nos acolhem nesta família religiosa.

Louvamos e agradecemos a Deus pelas oportunidades que Ele nos dá, através do Instituto das Filhas do Divino Zelo, para progredirmos com alegria e graça nesse caminho vocacional. Desejamos que a experiência do Postulantado seja tão frutuosa quanto a do Aspirantado, que nos traga ainda mais coragem para responder com generosidade e alegria ao chamado que o Senhor da Messe nos faz.

Aspirantes: Alexandra Fernanda Ferreira,
Gabrielly Pires

ansa-postulantado-valenca-marco (1) ansa-postulantado-valenca-marco (2) ansa-postulantado-valenca-marco (3)

Compartilhe:

bolivia-renovacao associados-abril (1) bolivia-renovacao associados-abril (2)

Compartilhe: