Acampamento do Colégio Cristo Rei

setembro 23rd, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

O I ACAMPCCREI foi realizado nos dias 30 e 31 de agosto, na Fazendinha Talismã, bairro Coqueiros.

Promovido pelo Colégio Cristo Rei, o evento foi organizado para os alunos do Ensino Fundamental II com o objetivo de proporcionar novas experiências às crianças e adolescentes.

Foram realizadas diversas atividades esportivas, caça ao tesouro, histórias ao redor da fogueira, trilha na mata, momentos de reflexão e espiritualidade.

“Foi possível observar o entusiasmo dos estudantes em estarem participando e aprendendo de uma forma diferente. Alegremente, todos interagiram, partilhavam e cuidavam uns dos outros”, destacou a coordenadora pedagógica Aline Freitas.

sc-acampamento-agosto (1) sc-acampamento-agosto (2) sc-acampamento-agosto (3) sc-acampamento-agosto (4) sc-acampamento-agosto (5) sc-acampamento-agosto (6) sc-acampamento-agosto (7) sc-acampamento-agosto (8) sc-acampamento-agosto (9) sc-acampamento-agosto (10) sc-acampamento-agosto (11) sc-acampamento-agosto (12) sc-acampamento-agosto (13) sc-acampamento-agosto (15) sc-acampamento-agosto (16) sc-acampamento-agosto (17) sc-acampamento-agosto (18) sc-acampamento-agosto (19) sc-acampamento-agosto (20) sc-acampamento-agosto (21) sc-acampamento-agosto (22) sc-acampamento-agosto (23) sc-acampamento-agosto (24) sc-acampamento-agosto (25) sc-acampamento-agosto (26) sc-acampamento-agosto (27) sc-acampamento-agosto (28) sc-acampamento-agosto (29) sc-acampamento-agosto (30) sc-acampamento-agosto (31) sc-acampamento-agosto (32) sc-acampamento-agosto (33)

Compartilhe:

Folclore – CCR

setembro 23rd, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Em comemoração ao Dia do Folclore, lembrado no dia 22 de agosto, as professoras e auxiliares da Educação Infantil organizaram uma verdadeira exposição artística.

As atividades foram produzidas pelas turmas do Maternal ao Jardim 3. “São bois de mamão, sacis, mulas sem cabeça e muitos outros personagens importantes para a cultura histórica brasileira”, concluiu a coordenadora Claudenir Calegari.

sc-folclore-agosto (1) sc-folclore-agosto (2) sc-folclore-agosto (3) sc-folclore-agosto (4)

 

Compartilhe:

Matemática divertida – CCR

setembro 23rd, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Os alunos do 6º ao 9º anos prestigiaram a 7ª edição da Feira Regional de Matemática, no ginásio da Escola de Educação Básica Professora Salete Scotti dos Santos, na quarta-feira, 21 de agosto.

O jogo da velha da tabuada foi selecionado para a exposição e os alunos do 7º ano Pedro Dal Ponte Pavei da Silva e Vinícius dos Santos Borges, acompanhados pela professora Daniela Dias apresentaram para os visitantes.

“A feira tem como objetivo incentivar, divulgar, e socializar as experiências, pesquisas e atividades na área de Matemática, despertando o interesse dos estudantes e estimulando a inovação em sala de aula”, destacou a coordenadora pedagógica Aline Freitas.

sc-matematica-divertida-agosto (1) sc-matematica-divertida-agosto (6) sc-matematica-divertida-agosto (7) sc-matematica-divertida-agosto (8) sc-matematica-divertida-agosto (9)

Compartilhe:

Passeio de estudos – CCR

setembro 23rd, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Na terça-feira, 13, os estudantes do 6º e 7º anos embarcaram no ônibus com destino a Unesc, em Criciúma.

O Horto Florestal foi à primeira parada. Dentre vários assuntos, o professor biólogo, comentou sobre plantio, cultivo, poda, manutenção de plantas e produção das mudas para o paisagismo dentro da universidade. Os alunos também fizeram uma trilha.

A segunda parada foi no Museu de Zoologia. Lá viram diversas espécies de animais, fizeram atividades, brincadeiras com o “Dino” e aprenderam um pouco mais sobre os cuidados com a natureza, preservação e conscientização ambiental.

O Horto Florestal produz anualmente mais de 35 mil mudas só de espécies da mata atlântica, consolidando-se como o principal horto da região em produção de mudas nativas.

Os adolescentes foram acompanhados pelos professores Sírio Menezes, Dani Dias e a coordenadora Bruna Zanatta Dal Toé.

sc-passeio-agosto (1) sc-passeio-agosto (13) sc-passeio-agosto (14) sc-passeio-agosto (15) sc-passeio-agosto (16) sc-passeio-agosto (17) sc-passeio-agosto (18) sc-passeio-agosto (19) sc-passeio-agosto (20) sc-passeio-agosto (21) sc-passeio-agosto (22) sc-passeio-agosto (23)

Compartilhe:

Os alunos do 5º ano do professor Jairto Vitto Júnior, na quinta-feira, 5 de agosto, realizaram uma aula prática de Matemática. Os estudantes em grupos montaram pizzas e depois de prontas, fizeram a divisão dos pedaços de acordo com o número de colegas. As crianças apresentaram várias formas de frações e também solucionaram probleminhas matemáticos.

sc-matematica-pizza-agosto3 (1) sc-matematica-pizza-agosto3 (2) sc-matematica-pizza-agosto3 (3) sc-matematica-pizza-agosto3 (4) sc-matematica-pizza-agosto3 (5)

Compartilhe:

Com o objetivo de distinguir as diferentes atividades econômicas que promoveram a interiorização do território brasileiro foi realizada na escola uma gincana de História. Esta gincana possibilitou aos alunos analisar a influência dos fluxos econômicos e populacionais na formação socioeconômica e territorial do Brasil, compreendendo os conflitos e as tensões históricas e contemporâneas.

Através das aulas de história, os alunos do 5º ano foram divididos em grupos, formando equipes. A ideia da gincana é fazer com que os alunos entendam a ampliação dos limites do território brasileiro que ocorre entre o descobrimento e o Tratado de Madri em 1750. Nesse período, o país tem sua área aumentada em mais de duas vezes. Essa expansão é decorrente do desenvolvimento econômico da colônia e dos interesses político-estratégicos da colonização.

Durante o século XVI, o povoamento colonial avança pouco, permanecendo restrito a áreas litorâneas do Nordeste e do Sudeste. A população branca é reduzida, não conhece o território e depara com a resistência de grande parte dos povos nativos a sua presença.

Os alunos participaram de um jogo de perguntas e respostas entre equipes, das quais as perguntas foram elaboradas pelos mesmos, que confeccionaram um fanzine, além de pesquisas e trabalhos feitos sobre os temas abordados. Foi uma experiencia muito enriquecedora para todos os participantes.

sc-5ano-agosto (1) sc-5ano-agosto (2) sc-5ano-agosto (3)

Compartilhe:

Formação Humana e Cristã – CCR

setembro 23rd, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Ter uma pedagogia baseada em valores humanos, éticos e solidários vai além de uma formação tradicional. São necessárias ações concretas para auxiliar nosso trabalho pedagógico, com medidas que visem transformar estes desafios em ações de amor, compaixão e zelo. O projeto “Santidade” contribui com a acolhida, o diálogo e a valorização da identidade de cada aluno, ajudando na vivencia com respeito e paz, e estimulando relações solidárias, amizade, espiritualidade e engajamento em projetos de vida.

O projeto tem como objetivo proporcionar ao aluno condições para que se conscientize da necessidade de respeito entre todos através do reconhecimento, da aplicação dos direitos e deveres de cada um, formando valores éticos e morais para o exercício de sua cidadania e cumprindo, assim, com o maior papel da escola: favorecer uma aprendizagem. Queremos que os alunos sejam responsáveis por suas escolhas e assumam um papel protagonista, humano e ético no mundo atual; queremos mediar nas descobertas de suas capacidades humanas, tendo em vista a contribuição na formação do seu Ser, para que possa diante dos desafios e exigências do mundo moderno; queremos tomar decisões mais acertadas, orientar nos princípios que valorizam a vida, ter horizontes menos nebulosos, não deixando manobrar-se pelo modismo, pelos meios de comunicação, pelo poder, mas, fazer bom uso da liberdade e agir com responsabilidade.

Os alunos do 4º ano, acompanhados pela professora Aline Martins da Rosa, após conhecerem a vida de algumas pessoas que hoje se tornaram Santos, como Aníbal Maria de Francia e Madre Nazarena Majone. As atividades foram desenvolvidas de forma lúdica que muito contribuiu para o amadurecimento da fé e da espiritualidade. São objetivos da Escola com este trabalho:

• Proporcionar vivências que sirvam para aprofundar o significado dos valores e princípios éticos cristãos para a vida;
• Perceber, entre outras coisas, que o fluir da história e da vida é um dever que exige dos seres humanos, novas e constantes formas de se portar no mundo;
• Provocar situações e vivencias que auxiliem no desenvolvimento do sentimento de amor ao próximo e a tolerância para com o diferente;
• Fazer perceber que a paz, a justiça, o amor e a solidariedade são frutos de uma luta diária que começa no interior de cada um de nós;
• Ressaltar que o sentido da vida e a felicidade não consistem apenas na busca e realização de desejos materiais, mas em cultivar sentimentos que dão alívio as inquietações mais profundas da existência;

sc-4ano-agosto

 

Compartilhe:

Entrevista com o vice-prefeito de Içara

setembro 23rd, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Durante nossas aulas de História, as crianças conheceram a história do município de Içara. Se tratando de um assunto muito extenso foi solicitado ao Senhor vice-prefeito do município Sandro Serafim, que viesse até o Colégio para que as crianças tirassem algumas dúvidas sobre o assunto.

Juntos, familiares convidados e os educandos, interagiam participando na criação de perguntas feitas ao vice-prefeito, que acolheu prontamente ao nosso convite. A entrevista foi muito positiva, pois, além de responder a todas as perguntas, ainda levou seu conhecimento para as crianças. Os alunos registraram tudo em seus cadernos obtendo assim, um conteúdo de prática promissora e uma aula diferenciada.

sc-3ano-agosto (1) sc-3ano-agosto (2)

Compartilhe:

Durante nossas aulas estudamos as plantas, suas partes e a importância para nós seres humanos. Como as crianças são naturalmente ativas, atuantes e protagonistas do processo de aprendizagem surgiram várias perguntas sobre as plantas medicinais. Por isso, convidamos a coordenadora da Pastoral da Saúde Rita de Cássia Zanatta Dal Toé para conversar com as crianças sobre esse assunto que os deixou muito envolvidos.

Historicamente, as plantas medicinais estão presentes desde os primeiros registros sobre a medicina tradicional. No Brasil a diversidade genética vegetal da flora é muito rica, uma das maiores do planeta. Sua utilização é uma prática comum, resultado das influencias indígenas, africanas e européias, ou seja, heranças culturais passadas de geração em geração que contribuem de forma significativa na saúde das pessoas.

sc-2ano-agosto (1) sc-2ano-agosto (2) sc-2ano-agosto (3)

 

 

Compartilhe:

A leitura nos coloca em sintonia com o mundo, abre horizontes para o crescimento pessoal e intelectual; molda o cidadão na medida em que o torna crítico, exigente e conhecedor de seus direitos e deveres. Sabemos da necessidade e importância de incentivar o gosto pela leitura em nossas crianças, contribuindo assim, para a sua criatividade e capacidade de imaginar situações diversas a partir da mesma.

O nosso livro de literatura adotado neste ano: “Se criança governasse o mundo”, ao qual temos um projeto desenvolvido, está muito próximo do universo da criança despertando-a para o interesse pela leitura, a vontade de tornar-se um bom líder, ainda de forma descontraída e a motivação de experimentar outras leituras.

Cuidado com os animais e com a natureza, respeito aos idosos, aos pais e aos amigos… Ser mais legal, não brigar e ajudar a professora/outro. Questões que podem parecer simples, mas que até os adultos muitas vezes esquecem, estão presentes na vida dos pequenos.

Damos início ao nosso projeto, trabalhando com massinhas e modelagens, representando através dos desenhos, a pergunta:
- Se você governasse o mundo, como ele seria?

Foi muito legal e divertido. Várias respostas foram dadas, abordando assim várias questões que fazem parte do nosso dia a dia. Eles expressaram muitas ideias, podendo citar algumas:
• Se eu pudesse governar o mundo ele seria só de amor;
• Seria sem guerras;
• Seria uma escola só com coisas boas para aprender;
• Seria um mundo onde todos tivessem uma cama para dormir; ( visto que estamos no inverno e aqui faz muito frio.
• Seria de felicidades;
• Seria um mundo onde não houvesse animais de rua (abandonados); e assim entre outras ideias foram apresentadas.

sc-1ano-agosto (1) sc-1ano-agosto (2) sc-1ano-agosto (3) sc-1ano-agosto (4) sc-1ano-agosto (5) sc-1ano-agosto (6)

Compartilhe: