“ESTE POBRE CLAMA E O SENHOR O ESCUTA” (Sl 34, 7)

outubro 29th, 2018 | Posted by FDZ in Sem categoria

Vivemos num mundo maravilhoso, mas, infelizmente marcado por tanta violência, discriminação e desamor. Em meio a tudo isso, ainda encontramos muitos irmãos e irmãs que se tornam sinais visíveis do amor e da ternura de Deus, pois ouvem o clamor dos pobres e vão ao encontro deles, encarnando e tornando viva a Palavra do Salmista que diz: “ESTE POBRE CLAMA E O SENHOR O ESCUTA” (Sl 34,7). Este é o tema da mensagem do Papa Francisco, para a II JORNADA MUNDIAL DO POBRE a ser celebrada no dia 18 de novembro próximo vindouro.

Javé, o Deus dos pobres, sempre suscitou ao longo da história homens e mulheres sensíveis à dor dos irmãos menos favorecidos. Podemos fazer memória de alguns dos nossos santos: São Vicente de Paulo, Santo Aníbal Maria, Madre Teresa de Calcutá, Irmã Dulce, Madre Nazarena e muitos outros. Hoje, o Senhor ainda continua chamando e suscitando esses bons samaritanos em nossas realidades paroquiais!
Tenho a alegria de proclamar que o Grupo Pau-Brasil, da Paróquia Nossa Senhora do Sagrado Coração, através do coordenador Sr. Jorge, (Joca), por ocasião do seu aniversário natalício, teve a iniciativa de organizar um passeio com os Moradores de Rua para amenizar a dor e proporcionar um dia de grandes realizações. E, foi realmente o ACONTECIMENTO! Foram convidadas pessoas de boa vontade para acolher um morador como afilhado, patrocinar o passeio e doar um quite com uma toalha de banho e objetos de higiene pessoal.
No dia 01 de setembro, às 05h, os padrinhos e madrinhas se reuniram na matriz Nossa Senhora do Sagrado Coração e receberam uma camiseta com o símbolo do tema do passeio: “RESSURREIÇÃO e PAZ”. Após a oração inicial, partimos para Madureira ao encontro dos Moradores de Rua. Lá, eles lotaram outro ônibus e partimos para TERESÓPOLIS, destino do passeio. Ao chegarmos lá, cada padrinho ou madrinha acolheu com um abraço o seu afilhado (a) e entregou a camiseta. Em seguida, fomos ao restaurante, pré-agendado para o café da manhã. Antes, porém, Padre Eliezer Missionário do Sagrado Coração de Jesus, fez uma oração e introduziu o Ato Penitencial, pois, segundo a espiritualidade do casal coordenador, a realização do passeio seria uma longa Celebração Eucarística. Foram distribuídos papeizinhos onde cada participante poderia escrever ou depositar nele seus pedidos de perdão e de súplica.
Chegou o momento do café! Era bonito ver a alegria daquelas pessoas ao se servirem com tantas coisas gostosas! Após o café fomos visitar uma linda cachoeira, onde quem quis, mergulhou nas águas. Da cachoeira fomos visitar a GRANJA COMARY, que encheu o coração daqueles simples brasileiros ao verem aqueles belos campos de futebol. Em seguida, voltamos ao mesmo restaurante para o almoço, às 15h.
Mais um momento de felicidade para aqueles irmãos que se serviam à vontade daqueles pratos, talvez nunca vistos por eles. Após o almoço, mais um momento de espiritualidade que culminou na queima dos papeizinhos representando os sentimentos de perdão, louvor e agradecimento a Deus, concluindo com a oração do Pai Nosso que foi rezado de mãos dadas e a bênção final. E assim, chegou a hora de retornar, da montanha do DEDO DE DEUS para a GALILEIA de MADUREIRA, onde outro grande grupo de Moradores de Rua, já estava nos esperando para o coquetel oferecido pelo aniversariante, coordenador do Grupo Pau-Brasil, Sr. Jorge, (Joca).
Somos muito felizes e agradecidos ao Pai por este ACONTECIMENTO e suplicamos ao Senhor da messe, por intercessão de Santo Aníbal Maria, que desperte novos e santos operários, sensíveis à dor dos nossos irmãos menos favorecidos.

Ir. Bernadete

provincia-pau-brasil-setembro (1) provincia-pau-brasil-setembro (2) provincia-pau-brasil-setembro (3) provincia-pau-brasil-setembro (4) provincia-pau-brasil-setembro (5) provincia-pau-brasil-setembro (6) provincia-pau-brasil-setembro (7) provincia-pau-brasil-setembro (8) provincia-pau-brasil-setembro (9)

Compartilhe:

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 You can leave a response, or trackback.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>