Pré-Congresso Vocacional

julho 6th, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Irmã Maria Neves com as Associadas Janeth e Penha participaram do Pré-Congresso Vocacional acontecido na regional do Rio de Janeiro, promovido pela CRB/RJ, que aconteceu nos dias 01 e 02 de junho, na Tijuca, RJ.

O 4º Congresso traz como tema: Vocação e Discernimento e o lema: “Mostra-me Senhor, os teus caminhos” (Sl 25,4). A reflexão e discussão giraram em torno da “questão vocacional em nossa realidade eclesial, social e pastoral, que hoje exige de nós ousadia na apresentação de propostas e na aplicabilidade entre os jovens e famílias para que a urgente cultura vocacional seja promovida entre nós. Promover um evento vocacional em âmbito nacional significa sensibilizar, animar e incrementar a Cultura Vocacional nas comunidades eclesiais. A reflexão, o estudo do tema ‘vocações’ e a partilha de experiências locais fortalece a consciência vocacional da Igreja”. (Cf. https://congressovocacionalbrasil.com.br/congresso/).

Com a realização deste Pré-Congresso, nos fazemos presente através do estudo, das contribuições enviadas, do acompanhamento através de nossa sintonia e orações, no 4º Congresso, que acontecerá no Santuário Nacional Nossa Senhora de Aparecida, em Aparecida-SP, nos dias 05 a 08 de setembro de 2019, no Centro de Eventos.

Ir. Maria Neves de Sousa

prov-pre-cong-voc-junho (1) prov-pre-cong-voc-junho (2) prov-pre-cong-voc-junho (3) prov-pre-cong-voc-junho (4) prov-pre-cong-voc-junho (5) prov-pre-cong-voc-junho (6) prov-pre-cong-voc-junho (7) prov-pre-cong-voc-junho (8)

Compartilhe:

Participando do Novinter

julho 6th, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

É preciso sair da ilha para ver a ilha. Não nos vemos se não saímos de nós. (José Saramago)

Nos dia 15 e 16 de Junho de 2019, as Irmãs Servas de Maria do Brasil acolheram na sua casa em Jacarepaguá – RJ, a Casa de Retiro Santa Juliana, um grupo de formandos e formadores para o evento do Postulinter e Novinter, que foram realizados juntos, com o total de vinte participantes de diferentes congregações.

O tema abordado foi o Autoconhecimento através do Eneagrama e contou com a assessoria de Andreas Onestini. Essa metodologia pouco conhecida pelo grupo trouxe um toque de curiosidade, desafio, descobertas e aprendizados. Apesar do clima descontraído e amigável, pois muitos já se conheciam, toda a formação foi trabalhada com muito empenho e participação.

Andreas iniciou a formação enfatizando a humanidade de Jesus Cristo, sua capacidade de perceber a vida e a sua sensibilidade com o outro. Destacou a necessidade de nos conhecermos para nos tornarmos cada vez mais humanos e assim poderemos ser livres para corresponder aos planos de Deus. Enfatizou que a felicidade é apenas uma consequência desse crescimento pessoal e que o maior impedimento para que ele aconteça é o medo.

Através dessa introdução sobre o Eneagrama foi possível fazer uma breve análise das nossas potencialidades e dificuldades, sem medos e reservas, todos em busca da sua autenticidade, sem criar rótulos.

Foram dois dias intensos, mas é apenas um início de olhar para dentro de nós mesmos, entendermos nossos dons, aceitando e trabalhando nossas limitações, com toda a liberdade de filhos e filhas de Deus.

Mirella de Sá Bacci – noviça

prov-nov-junho

 

 

Compartilhe:

Graças, Senhor, pela vida!

julho 6th, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Com muito carinho e afeto preparamos a festa do aniversário da Ir. Vitória com um tríduo de orações pedindo nas suas intenções, a saúde, a paz e harmonia e muitos anos de vida plena da graça e bênçãos de Deus.

Além do carinho da comunidade, das Irmãs da Comunidade Madre Nazarena Majone e dos funcionários que se fizeram presente e almoçaram com ela, de todas as irmãs que se uniram a ela pelas preces e mensagens, ela também recebeu o carinho de sua família através da visita de seu irmão e cunhada, Oldemar (Mazinho) e Fátima que vieram passar alguns dias na sua companhia.

Na hora do tradicional parabéns, ela leu uma linda mensagem para todos os presentes. Ao Deus da vida louvamos e agradecemos ao Senhor por sua existência, por sua vocação, seu trabalho e missão realizado na nossa Província e Instituto e pedimos que continue derramando sobre ela todas as graças que lhe são necessárias especialmente, a saúde e a paz. Parabéns, Ir. Vitória!!!

Ir. Maria Neves de Sousa

prov-niver-vic-junho (1) prov-niver-vic-junho (2) prov-niver-vic-junho (3) prov-niver-vic-junho (4) prov-niver-vic-junho (5) prov-niver-vic-junho (6) prov-niver-vic-junho (7)

Compartilhe:

Celebrando a vida

julho 6th, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Celebrar a vida é celebrar o maior dom que Deus nos dá e que a cada dia se renova e se refaz. Foi com esse espírito que celebramos o aniversário da Ir. Maria José da Costa, louvando e agradecendo a Deus pelo dom de sua vida, por sua vocação e missão.

Durante o tríduo de oração e no dia da celebração, colocamos a sua vida nas mãos de Deus pedindo sobre ela as suas bênçãos, proteção, a saúde e todas as graças que ela necessita. Parabéns Ir. Maria José e muita paz e felicidades!

Ir. Maria Neves de Sousa

prov-niver-maju-junho (1) prov-niver-maju-junho (2) prov-niver-maju-junho (3) prov-niver-maju-junho (4)

Compartilhe:

Caminhos para a Santidade

julho 5th, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

O projeto de Literatura “Caminhos para a Santidade” proporcionou às turmas do sétimo e oitavo anos conhecer a vida e a obra de personalidades Cristãs como Santo Antônio, Santo Aníbal, Madre Nazarena, Santa Teresa do Menino Jesus, São Luís Gonzaga e do Venerável Carlo Acutis. O projeto teve como objetivo mostrar que o amor é o caminho mais próximo de Deus! Galgar a Santidade é uma tarefa difícil, pois é necessário ter como exemplo os ensinamentos de Jesus e colocá-los em prática.

Caminhos para a Santidade foi uma mescla de Literatura Religiosa, HQ’S e Contação de História. As crianças puderam conhecer a obra das personalidades, seus estilos de vida e seus comprometimentos com Jesus. Em um primeiro momento, como pesquisadores, descobriram que todas as personalidades tiveram como principal motivação o amor a Jesus e foi por Ele que se fizeram Santos. Nessa pesquisa, que foi feita pela internet, livros e revistas, os alunos foram levados a pensar de forma crítica sobre a beleza da Literatura Religiosa e suas finalidades.

Após esse primeiro momento, deu-se a construção de HQ’s e de Teatro de fantoche que, sem dúvida alguma, foi uma beleza de “encher os olhos de lágrimas”! Ver, ouvir e principalmente presenciar essa construção, faz do Colégio Santo Antônio uma escola que visa a excelência pedagógica, mas também, a formação Cristã Humana.

Professores de Formação Humana e Cristã

csa-sant-anibal-junho (1) csa-sant-anibal-junho (4) csa-sant-anibal-junho (5)

 

Compartilhe:

A atividade lúdica é o berço obrigatório do desenvolvimento intelectual da criança. Esta não é apenas uma forma de entretenimento para gastar energia, mas um meio que contribui para enriquecer o imaginário infantil. Através do brincar, a criança desenvolve a expressão oral, aprende a importância de partilhar, exercita escolhas, organiza suas emoções, constrói autonomia. A brincadeira vira aprendizado.

ccr-dia-brinq-junho (1) ccr-dia-brinq-junho (2) ccr-dia-brinq-junho (3) ccr-dia-brinq-junho (4) ccr-dia-brinq-junho (5) ccr-dia-brinq-junho (6) ccr-dia-brinq-junho (7) ccr-dia-brinq-junho (8)

Compartilhe:

Santo Aníbal Maria

julho 5th, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Fundador das Filhas do Divino Zelo, Santo Aníbal Maria de Francia, foi um grande motivador das vocações. Seu dia, 1° de junho, é sempre lembrado com muita honra por todas as instituições da Rede Divino Zelo de Educação. No Colégio Cristo Rei muitos trabalhos foram realizados pelas turmas da Educação Infantil ao Ensino Fundamental II. O projeto, já definido no início do ano pela coordenação e professores, motivou os estudantes a confeccionarem diferentes atividades em múltiplas disciplinas. Alguns destes trabalhos foram expostos no CCR.

ccr-anibal-junho (1) ccr-anibal-junho (2) ccr-anibal-junho (3) ccr-anibal-junho (4) ccr-anibal-junho (5) ccr-anibal-junho (6) ccr-anibal-junho (7) ccr-anibal-junho (8) ccr-anibal-junho (9) ccr-anibal-junho (10) ccr-anibal-junho (11) ccr-anibal-junho (12) ccr-anibal-junho (13)

 

Compartilhe:

Neste ano, de forma específica, as duas comunidades FDZ e RCJ, planejaram conjuntamente ações para o SAV/RogZelo, a fim de animar a Pastoral Vocacional entre as duas famílias, além da grande família eclesial.

Foi então, que organizamos e realizamos um retiro mensal em conjunto no Seminário Rogacionista, no dia 25 do mês de março, dia da Madre. De acordo com a circular nº 38/2019, cujo objetivo: “Ricordando Madre M. Nazarena Majone”, emitida em 16 maio 2019, pela Madre Geral, Teolinda Salemi, pensamos também na celebração das três comemorações em honra da venerável Madre Nazarena Majone em que estamos fazendo memória: 150 anos de seu nascimento; 130 anos de seu ingresso ao Instituto das FDZ e dos 80 anos de sua morte.

Surgiu então, a feliz ideia de pedir ao Pároco, Pe. Mário Alves Bandeira para que o quadro da Madre Nazarena fosse entronizado ao lado da imagem de Santo Aníbal, em nossa Paróquia. Na oportunidade da primeira vinda da Madre Maria Marques em nossa comunidade, no domingo de ramos, ela dirigiu-se ao pároco falando de tal possibilidade. Como já se esperava, não houve nenhuma objeção de sua parte. Mais tarde, a Madre enviou-lhe por escrito o nosso desejo, a fim de registrar mais um degrau na divulgação da venerável junto aos paroquianos, colocando a Madre Nazarena ao lado de Santo Aníbal.

Preparamos o tríduo, dando início no dia 11 de junho, às 19h, durante a Celebração Eucarística para os enfermos, como de costume às terças-feiras, com Padre Mário Alves Bandeira – RCJ. Durante o tríduo o quadro da Madre Nazarena foi levado em procissão até o altar, enquanto se ouvia um resumo de sua biografia. Ao finalizar as orações dos fiéis, foi rezada a oração de pedidos de graças por sua intercessão. Houve muita adesão e receptividade do povo ali presente, que rezou de forma fervorosa, implorando graças e alívio para suas dores sentidas de tantas formas.

No último dia (13/06), especialmente às 19h30 deu-se início à liturgia solene, celebrando Santo Antônio, ressaltando que é conhecido por dar “pães aos pobres” e por sua simplicidade em vida. Dessa forma, relembramos que Santo Aníbal instituiu a devoção do “pão de Santo Antônio” e, lhe deu um lugar central no Instituto das Filhas do Divino Zelo, ao proclamá-lo “especial benfeitor daquela Pia obra”, que, para dar continuidade, pediu que também as Filhas do Divino Zelo que continuassem com tal devoção e gratidão pelos milagres operados através de Santo Antônio, que muitas vezes, fez surgir o alimento cotidiano aos pequenos órfãos de suas obras.

Em nós FDZ, resta a certeza de que a Madre Nazarena ao lado de Santo Aníbal, foi “mulher humilde e forte, fiel e criativa, prudente e de firme vontade”, no desenvolvimento desta obra, pois a preocupação e zelo pelos operários da messe permaneceu em seu coração até o seu leito de morte, como uma ânsia de perfeição nunca saciada.

Com tantos motivos para a Celebração do dia, nos unimos à toda Família do Rogate, reunindo a UOV, Missionárias Rogacionistas, Padres e Noviços – RCJ, dentre outras pastorais e algumas famílias de nossa obra educativa que puderam se fazer presentes.

Antes da bênção final, com o rito de entronização, o quadro da Madre foi incensado, aspergido pelo Presidente da Celebração, Padre Juarez Destro, e, colocado ao seu lugar de destaque, ao lado do nosso Santo Fundador, sob fortes aplausos e comoções. Agradecemos a presença de todos e incentivamos para que peçam a Deus por intercessão da Madre. Após a bênção final, todos os participantes receberam uma sacolinha contendo impressas as datas celebrativas referente ao ano da Madre, e outros impressos com o resumo de sua vida e orações para pedir graças por sua intercessão.

Nossa gratidão é imensa pela realização deste evento religioso que muito bem divulgou as virtudes e santidade da nossa Venerável Cofundadora. Gratidão que expressamos também aos nossos coirmãos rogacionistas pela sintonia conosco e vibração de alegria ao permitir o destaque à Madre em nossa paróquia. Sem dúvida, será bastante lembrada nas orações dos fiéis.

Vamos também inserir a oração à Madre nas liturgias da nossa Paróquia, em momentos vocacionais e no dia 25 de cada mês. Resta-nos a confiança de que possa tão breve ser canonizada para fazer parte da lista dos santos.

Segue um breve histórico:

Maria Majone nasceu em Graniti-Messina/Itália, no dia 21 de junho de 1869 em uma família camponesa e temente a Deus. Ainda muito jovem, aos vinte anos, depois de uma adolescência marcada por notáveis práticas cristãs em família, Maria Majone, sente acender em seu coração a chama da vocação.

Certa de que era chamada por Deus a doar a sua vida aos irmãos, entrou no Instituto das Filhas do Divino Zelo, em outubro de 1989. Merecedora das graças de Deus teve o privilégio de ser acolhida pelo nosso fundador, Santo Aníbal Maria Di Francia, no bairro Avignone onde tudo começou, junto aos pobres na periferia da Cidade de Messina.

O Bairro Avignone, era um pedaço de terra degradada, onde se amontoavam homens e mulheres no mais doloroso abandono, tido como “pedaço de terra maldita”. Maria Majone não recuou frente àquele cenário impressionante, nem permaneceu paralisada, desejou contribuir com a redenção daquelas pessoas. A santidade do Fundador a fascinou e se tornou sua mais fiel discípula.

Em 18 de março de 1892, fez a sua primeira profissão religiosa e recebeu de Santo Aníbal Maria, o nome de Nazarena. No dia 19 de março de 1907, Maria Nazarena Majone consagrou a sua vida definitivamente a Deus, através dos votos perpétuos. A função foi presidida por Santo Aníbal que comoveu a todas com o seu discurso vibrante, que emocionava a todos, especialmente a Nazarena Majone.

Depois de uma longa caminhada de 47 anos de doação total aos mais pobres da sociedade daquele País, faleceu em 25 e janeiro de 1939, aos 70 anos de idade.

Madre Nazarena Majone foi uma mulher humilde e forte, fiel e criativa, prudente e de firme vontade. A preocupação pelos operários da messe permaneceu em seu coração até o seu leito de morte, como uma ânsia de perfeição nunca saciada. O desapego às vaidades do mundo era para ela, primeiramente, desapego da própria vontade, que entregava ao Senhor, para permanecer mais livre na graça e no trabalho pelo Reino de Deus.

Em 1993, após os 53 anos de sua páscoa definitiva foi concluído em Roma, o seu processo de canonização, pelo reconhecimento de suas virtudes. Em 2003, na presença de São João Paulo II foi promulgado o Decreto que reconhece suas heroicas virtudes, declarando-a Venerável Madre Nazarena Majone.

Ir. Eliete Bauer da Cunha

bras-mnm-junho (2) bras-mnm-junho (3) bras-mnm-junho (4) bras-mnm-junho (5) bras-mnm-junho (6) bras-mnm-junho (8) bras-mnm-junho (10) bras-mnm-junho (11) bras-mnm-junho (12) bras-mnm-junho (13) bras-mnm-junho (14) bras-mnm-junho (16)

 

 

 

Compartilhe:

Participação especial

julho 5th, 2019 | Posted by FDZ in Sem categoria - (0 Comments)

Os estudantes, ex-alunos, familiares e funcionários do Colégio Cristo Rei marcaram presença na missa do Cerco de Jericó no dia 18 de junho, que aconteceu na Paróquia São Donato, em Içara. A fanfarra do Colégio também abrilhantou a celebração durante a passagem da Arca.

“O Cerco de Jericó consiste em uma semana incessante de batalha espiritual, com intensificação da oração pessoal e comunitária, missa diária, adoração ao Santíssimo, confissão, jejum, pregação da Palavra de Deus e o Terço de Nossa Senhora”.

Parabéns a todos, pela dedicação neste momento tão importante para toda a comunidade católica da cidade e região! Que os frutos da oração se espalhe como luz a iluminar todos os corações atribulados e faça surgir bons operários para a messe do Senhor.

ccr-missa-cerco-jerico-junho (45) ccr-missa-cerco-jerico-junho (44) ccr-missa-cerco-jerico-junho (43) ccr-missa-cerco-jerico-junho (42) ccr-missa-cerco-jerico-junho (41) ccr-missa-cerco-jerico-junho (40) ccr-missa-cerco-jerico-junho (39) ccr-missa-cerco-jerico-junho (38) ccr-missa-cerco-jerico-junho (37) ccr-missa-cerco-jerico-junho (36) ccr-missa-cerco-jerico-junho (35) ccr-missa-cerco-jerico-junho (34) ccr-missa-cerco-jerico-junho (33) ccr-missa-cerco-jerico-junho (32) ccr-missa-cerco-jerico-junho (31) ccr-missa-cerco-jerico-junho (30) ccr-missa-cerco-jerico-junho (29) ccr-missa-cerco-jerico-junho (28) ccr-missa-cerco-jerico-junho (27) ccr-missa-cerco-jerico-junho (26) ccr-missa-cerco-jerico-junho (25) ccr-missa-cerco-jerico-junho (24) ccr-missa-cerco-jerico-junho (1)

Compartilhe:

No dia 07 de novembro de 2014 chegamos em Capenda Camulemba, Angola, África. Um grande sonho! Abrir uma frente Missionária das Filhas do Divino Zelo. Tornar o ROGATE conhecido. E assim aconteceu. Uma alegria grande invadia nossos corações. O povo nos aguardava e nos recebeu com muito carinho. Fomos vivendo, evangelizando, alfabetizando e promovendo a vida, com os poucos meios que tínhamos. Mas a nossa preocupação era ter uma casa nossa para morar e acolher as vocacionadas. Vivíamos na expectativa, pois a continuidade da nossa Missão dependia dessa casa. Começamos a fazer novena, implorando ao Padre Fundador e a Madre Nazarena, que se fosse para nossa Missão continuar em Angola, que eles providenciassem esta residência. Fizemos um projeto e enviamos à Endiama, Empresa de diamantes, através do Bispo da Diocese, Dom Estanislau Marques Chindecasse. Qual não foi a surpresa! No dia 19 de março de 2018, dia dedicado a São José, a caminho de uma aldeia, Ir. Amélia recebeu um telefonema, do Engenheiro da Empresa dizendo que no dia seguinte viriam um arquiteto e um engenheiro para fazer a planta da casa. Assim aconteceu. Ficamos muito felizes!

Passaram-se alguns meses e nenhuma notícia. No mês de junho, Ir. Amélia toma iniciativa e telefona para o PCA, presidente da Empresa, Senhor José Manuel Ganga Júnior, e pede para analisar o Projeto. No dia seguinte, o mesmo responde que havia analisado e diz a quantidade que dispunha para realização do mesmo. Passaram-se mais dois meses e a ansiedade crescia. Até que, no dia 10 de agosto de 2018 recebemos a alegre notícia que na semana seguinte dariam início à construção da casa. Alegria! Alegria! Finalmente, no dia 25 de agosto de 2018, chega um caminhão com os primeiros materiais para dar o pontapé inicial, à nossa tão esperada casa. Assim, bloco a bloco e a casa foi construída. Em novembro foram dados os retoques finais. Depois foi a espera das chaves. Semana que vem… Dia 10… E assim passaram-se meses. Até que no dia 13 de maio, dia de Nossa Senhora de Fátima chegou o anuncio que no dia 15, Nossa Senhora da Glória, receberíamos as chaves. Assim aconteceu. Em meio a muita alegria fomos levando um a um os nossos pertences, até que no dia 17 de maio de 2019 entramos por definitivo em nossa tão desejada casa. Graças, Senhor!

A luta foi grande, mas a certeza de que Santo Aníbal e Madre Nazarena intercederam a Deus para que essa Missão continuasse não nos deixa dúvidas. Deus tem seus caminhos e sabe usar os meios certos para que seus projetos se realizem como Ele quer.
Nossa gratidão ao Patrono São José, que nos trouxe o anúncio da construção da casa. Assim sendo, nossa Comunidade se chama: “Comunidade São José”.

Gratidão a Deus, a Congregação e a Província Nossa Senhora do Rogate que acreditou no Projeto de Deus.

Ir. M. Amélia Castagnetti

cap-camul-casanova-junho (1) cap-camul-casanova-junho (2) cap-camul-casanova-junho (3) cap-camul-casanova-junho (4)

Compartilhe: